A infecção da herpes simples pode, muitas vezes, acontecer já na infância, quando a criança tem contato com adultos que tenham o vírus. É possível que ele fique incubado por muitos anos e só se manifeste muito tempo depois, durante alguma crise de estresse, na qual a imunidade do organismo fica baixa. Essa situação costuma trazer constrangimento para o portador, levando à angústia sobre quanto tempo dura a herpes labial.

Isso porque a pessoa costuma apresentar lesões na região da boca, que, dependendo da evolução, transformam-se em feridas e bolhas enormes. Além disso, o vírus causa sensações desagradáveis, como ardor e coceira.

Quer entender um pouco melhor sobre as características da infecção e sobre o tratamento? Então acompanhe a leitura!

Quais as principais características e quanto tempo dura a herpes labial?

A herpes labial é um tipo de infecção causada pelo vírus HSV-1 e se manifesta por meio de feridas e bolhas nos lábios, na língua, na gengiva e no céu da boca, que causam ardência, dor e coceira. O contágio acontece quando o indivíduo entra em contato direto com outras pessoas infectadas, a partir de beijos ou compartilhamento de talheres e copos.

É possível que a pessoa tenha o vírus no organismo e ele nunca se manifeste ou que os sintomas só apareçam muitos anos após o contágio em uma situação em que o indivíduo está com a imunidade baixa. Contudo, algumas pessoas chegam a ter várias crises anuais, demandando cuidados intensos.

Esse microrganismo, quando transmitido, instala-se em alguma terminação nervosa e fica ali adormecido. Na fase de surto, o vírus migra para a epiderme e provoca a ferida. Podemos dividir esse estágio em 5 fases:

  1. prurido: há percepção de coceira e incômodo na região;
  2. bolha: aparece uma pequena bolha que começa a crescer. Ela pode vir individualmente ou em grupo;
  3. secreção: as bolhas estouram e a ferida se expande;
  4. crosta: o local começa a secar;
  5. cicatrização: a casquinha da ferida começa a sair aos poucos.

Esse processo pode durar de 7 a 10 dias.

Quais os tratamentos disponíveis?

A doença não tem cura, mas é possível um tratamento para aliviar os sintomas e a aparência das lesões. Algumas opções são:

  • pomadas locais: elas ajudam a amenizar as sensações ruins e auxiliam na cicatrização;
  • medicamentos antivirais: são comprimidos para combater o vírus que podem ser usados de forma contínua, se a pessoa apresentar diversas crises;
  • compressas antissépticas: diminuem a dor no local e são indicadas de 2 a mais vezes por dia;
  • lisina: é um aminoácido encontrado em carnes, leite, frutas e legumes. Pode ser reforçado por meio da alimentação, mas já existe medicação à base dele.

Quais são os cuidados gerais?

Principalmente para aqueles que apresentam a manifestação dos sintomas de forma recorrente, é necessário aprender a conviver com eles e saber reconhecer quando estão prestes a aparecer. Os cuidados são essenciais para que o tratamento tenha sucesso. Por isso,

  • proteja-se do sol, pois a radiação ultravioleta reduz a imunidade, o que favorece o surgimento da infecção. Evite a exposição prolongada e faça uso de protetor solar;
  • cuide da alimentação, já que o alimento ingerido influencia na imunidade e, quando saudável, fortalece o organismo. Além disso, comidas como chocolate, nozes e frutas cítricas podem estimular o desenvolvimento da herpes por causa de uma substância chamada arginina;
  • tente reduzir o estresse, pois fadiga mental, crises de ansiedade e rotinas desgastantes tendem a diminuir a eficácia do sistema imunológico.

A manifestação do vírus e quanto tempo dura a herpes labial não são uma regra e podem variar de pessoa a pessoa. Se você se identifica com a situação e, principalmente, se ela vier acompanhada de outro incômodo, como dor na gengiva, não deixe de procurar a ajuda de um profissional de confiança para aumentar seu bem-estar e favorecer seu sorriso.

Acompanhe mais informações relevantes para a sua saúde bucal. Curta nossa página do Facebook para ficar mais perto da gente!

“RT. CRO-GO-EPAO-425 C.D. Luis Francisco Coradazzi CRO-GO-CD-7747″