Implante dentário na frente é primordial!

Implante dentário na frente do sorriso abre portas, devolve a autoestima e reconstrói a mordida e a saúde bucal.

E no Brasil, 11% da população ou 16 milhões de pessoas não tem nenhum dente, conforme a Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) feita pelo IBGE, em 2013. Outros 23% perderam 13 dentes ou mais, e 33% usam algum tipo de prótese dentária.

Recentemente, uma pesquisa realizada pela Faculdade Estadual do Sudoeste da Bahia e publicada no American Journal of Orthodontics & Dentofacial Orthopedics revelou que pessoas com dentes bem tratados e alinhados têm 67% mais chances na hora da contratação. Tudo isso porque acabam tendo um sorriso mais espontâneo, demonstrando mais autoconfiança, sociabilidade e felicidade.

Além da perda da autoestima, perder os dentes da frente também prejudica a saúde como um todo: mastigar mal pode atrapalhar a digestão, porque faz com que você não absorva os nutrientes da refeição. Outra coisa é que a pessoa acaba engolindo o ar junto com a refeição ou tomando muito líquido. Além de ingerir calorias em excesso, faz com que a pessoa possa ter sintomas de distensão abdominal, desconforto.

Os dentes fazem falta sim

Um adulto com uma dentição permanente completa (com os sisos) costuma ter na boca 32 dentes. Numa boca adulta são 2 incisivos centrais, 2 incisivos laterais, 2 caninos, 4 pré-molares e 6 molares, isso em cada arco dentário (superior e inferior).

Os dentes são responsáveis por cortar e amassar os alimentos, facilitando a ação de enzimas. Sem eles, alimentos sólidos não seriam ingeridos com eficiência.Cada dente tem uma função na hora de mastigar:

  • Incisivos: são utilizados para cortar os alimentos. Oito dentes, sendo quatro em cima e quatro embaixo. São os mais visíveis, com formato quadrangular, achatado e extremidade em forma de lâmina, própria para que possam exercer sua função.
  • Caninos: rasgam e perfuram os alimentos. Vêm logo após os incisivos (dois em cima e dois embaixo, um de cada lado). Têm pontas agudas (cúspides) e coroa robusta, em forma de cone, parecendo uma lança. São os dentes mais fortes da boca.
  • Pré-molares: esmagam o alimento em pequenos pedaços para ser engolido. Esses dentes apresentam duas pontas (cúspides) e são mais redondos e achatados.
  • Molares: ajudam a moer e a triturar alimentos já na fase final da mastigação. Possuem várias pontas (cúspides). Pessoas sem os dentes da frente, os incisivos, tem grande dificuldade em morder o primeiro pedaço de um alimento inteiro, como uma maçã, por exemplo, exigindo assim o uso obrigatório de um faca para cortar os pedaços.  


Um sorriso sem janelas pode abrir muitas portas

Sorrir promove a contração de 28 músculos faciais, o que ativa e aumenta no cérebro a produção de serotoninas e endorfinas, neurotransmissores que se disseminam pelo corpo e dão sensação de bem-estar e prazer. O riso é contagiante e, há quem diga, rejuvenescedor.

O sorriso movimenta pelo menos 30 músculos do rosto e muito antes do surgimento dos primeiros códigos de linguagem verbal e escrita já era utilizado para a comunicação entre seres humanos.

Antoine de Saint-Exupéry (escritor do livro O Pequeno Príncipe) dizia que “No momento em que sorrimos para alguém, descobrimo-lo como pessoa, e a resposta do seu sorriso quer dizer que nós também somos pessoa para ele”.

O sorriso  transforma, conquista, quebra barreiras, uni objetivos, alcança resultados e o mais importante, contagia todos a sua volta. Torna-se um elemento indispensável para se obter a reciprocidade, a empatia e trazer leveza para o ambiente de trabalho.

Por isso não perca mais tempo. Fazer implante dentário na frente é acessível e perfeitamente possível. O resgate do sorriso e da mordida são duas funções importantes na qualidade de vida de todas as pessoas. Vale o investimento.

RT. CRO-GO-EPAO-425 C.D. Luis Francisco Coradazzi CRO-GO-CD-7747

RECEBA DICAS PARA TER
UM SORRISO SAUDÁVEL