Rejeição de implante existe ? Saiba mais aqui!

O tratamento de implante dentário, que recupera sorrisos e aumenta a qualidade de vida de uma pessoa, está cada vez mais próximo da realidade da população brasileira. Todavia, ao mesmo tempo, que a sua popularidade sobe, as dúvidas sobre o procedimento também aumentam. Uma delas é: existe rejeição de implante?

Para responder essa pergunta, fizemos este post explicativo que vai acabar com esse mito sobre o assunto. Acompanhe!

O implante dentário pode ser rejeitado?

Primeiramente, é importante destacar que, com o avanço das tecnologias para implantes, as técnicas e materiais utilizados estão cada vez mais modernos. Os pinos implantados na cirurgia — confeccionados em titânio — não sofrem nenhum tipo de corrosão. São inertes e completamente biocompatíveis com o organismo humano. Eles se integram aos tecidos como se fossem parte dele.

Isso significa que o corpo não desencadeia nenhuma reação imunológica para expulsar o material e, portanto, podemos concluir que não existe rejeição de implante dentário.

O que pode ocasionar a perda de um implante?

Apesar de a rejeição ser um fator descartado quando o assunto é implantes, existem outras condições que podem resultar no insucesso desse tratamento. O que acontece com uma frequência muito baixa. Mas uma delas é a ocorrência de infecção após a inserção dos pinos de titânio. Isso acontece devido à presença e proliferação de bactérias na região da cirurgia.

Para evitar essa situação, é indispensável seguir todas as orientações e cuidados referentes à higiene bucal. Assim, é possível evitar que as bactérias entrem nos pontos e resultem na necessidade de retirar os pinos.

Outra condição que pode causar a perda dos implantes é o hábito de fumar. Algumas substâncias presentes no cigarro afetam negativamente o processo de osseointegração e cicatrização dos tecidos. Isso impede que o tratamento seja concluído.

Pacientes com doenças crônicas descontroladas, como a diabetes, que afetam a cicatrização dos ossos, também podem enfrentar complicações quanto aos implantes dentários recém-instalados.

Por fim, não podemos descartar que, se os pinos utilizados para o implante não forem de titânio, uma rejeição pode, sim, acontecer. Ademais, técnicas cirúrgicas inapropriadas também resultar na necessidade de retirar os pinos.


Como evitar a rejeição do implante?

Para garantir que o seu tratamento de implante dentário dará certo e será 100% seguro, é muito importante seguir à risca todas as recomendações para o pré e pós-operatório feitas pelo seu dentista.

Como foi possível verificar ao longo deste artigo, medidas muito simples podem ser tomadas. Cuidados com a higiene bucal, parar de fumar e fazer exames pré-operatórios são o suficiente para evitar a perda de um implante dentário são importantes.

Ademais, contar com uma clínica odontológica de confiança, com profissionais capacitados é essencial. Um cuidado a mais que deve ser tomado na hora de escolher onde fazer esse tratamento.

Portanto, agora que você já sabe que não existe rejeição de implante dentário pelo organismo e que os insucessos são raros e podem ser evitados. Não deixe de fazer esse tratamento tão benéfico para a sua vida!

E aí, gostou do nosso post? Então siga-nos nas redes sociais — estamos no FacebookInstagramLinkedIn e YouTube — para ficar sempre por dentro dos melhores conteúdos sobre tratamentos odontológicos e saúde bucal!

RT. CRO-GO-EPAO-425 C.D. Luis Francisco Coradazzi CRO-GO-CD-7747

RECEBA DICAS PARA TER
UM SORRISO SAUDÁVEL