Gengivite causa mau hálito? Veja como se livrar desse problema!

Muitas pessoas têm uma dúvida em comum: a gengivite causa mau hálito? Esse problema desagradável, que várias vezes afeta os pacientes sem que ao menos eles percebam, pode prejudicar a vida social de maneira significativa. A gengivite é um problema bucal simples de ser tratado e evitado. No entanto, possui sintomas discretos e, em alguns casos, é difícil de detectar.

Ficou curioso sobre o assunto? Separamos, neste post, as principais informações sobre essa doença que atinge as gengivas. Vamos conferir?

O que é gengivite?

A gengivite é uma inflamação nas gengivas que se situam ao redor dos dentes, sendo considerada como a 1ª fase da doença desses tecidos.

Se não tratada corretamente, a gengivite pode evoluir para condições mais sérias, como a periodontite, doença que está no topo do ranking das causas de perda dentária na população adulta.

Quais são as suas causas mais comuns?

A principal causa de gengivite é a placa bacteriana, a qual se forma na borda entre os dentes e a gengiva quando a limpeza da boca não é feita de maneira adequada.

Além disso, existem outros fatores que podem levar um paciente a desenvolver gengivite. Entre eles estão:

  • a exposição a metais pesados, como chumbo e bismuto;
  • a pouca produção de saliva;
  • a predisposição genética;
  • o desenvolvimento de cáries;
  • o posicionamento incorreto dos dentes ou da mordida; e
  • o tabagismo.


Quais são os sinais da gengivite?

Pacientes com gengivite apresentam as gengivas com uma coloração bem avermelhada, inchada e sem brilho natural. Além disso, os dentes podem ficar com uma aparência mais longa devido à retração gengival.

Outro sintoma comum é o mau hálito, desenvolvido pela produção de ácidos e gases pelas bactérias que compõe a placa bacteriana. Portanto — respondendo a dúvida —, gengivite causa mau hálito, sim, e esse pode ser um dos sintomas mais incômodos da doença.

Além disso, fique atento caso você note algum foco de sangramento nas gengivas — que pode acontecer durante as escovações, o uso do fio dental ou a própria mastigação dos alimentos —. Esse é um sinal de alerta e indica que algo não está certo, o que exige uma visita ao especialista.

No entanto, os sinais nem sempre são claros. Em alguns casos, não ocorre dor, e os sintomas são tão discretos que o paciente sequer percebe o problema. Por esse motivo, é importante procurar um dentista periodicamente para fazer uma avaliação da sua saúde bucal.

Que cuidados tomar para evitar esse problema?

Para não desenvolver a gengivite, basta seguir todas as recomendações de higienização oral diariamente.

Escove os seus dentes após todas as refeições e utilize o fio dental pelo menos 1 vez ao dia. Além disso, escolha um bom enxaguante bucal antisséptico para eliminar as bactérias que podem provocar placa bacteriana.

A gengivite causa mau hálito, e prevenir essa doença é a melhor maneira de evitar um problema malcheiroso e nada agradável. Então, não deixe de limpar a sua boca corretamente e procurar um dentista para avaliações periódicas. Assim, a sua saúde bucal estará sempre em dia.

Gostou deste post? Então o compartilhe nas redes sociais para que todos os seus amigos entendam o que é a gengivite e como lidar com as suas consequências!

RT. CRO-GO-EPAO-425 C.D. Luis Francisco Coradazzi CRO-GO-CD-7747

RECEBA DICAS PARA TER
UM SORRISO SAUDÁVEL