Pode tirar os 4 sisos de uma vez? Saiba aqui!

O siso é o último dente a nascer e geralmente erupciona por volta dos 18 anos. Quando começa a nascer, é comum sentir dores e uma sensação incômoda que pode causar muitas dúvidas sobre a hora certa de retirá-los. Muitas vezes nos perguntamos: pode tirar os 4 sisos de uma vez?

É normal que o dentista aconselhe a sua retirada por meio de uma pequena cirurgia, pois ele pode estar pressionando outros dentes, não tendo espaço suficiente para nascer ou pode conter cáries. A extração acontece em um consultório odontológico sob anestesia local e, após a cirurgia, são dados alguns pontos.

Após a operação é recomendado que a pessoa não beba nem coma nada quente por  48 horas, e se houver dores, é preciso tomar um analgésico.

Neste post vamos mostrar se você pode tirar os 4 sisos de uma vez, como funciona a cirurgia, como se preparar para a operação, entre outros. Quer ficar por dentro do assunto? Então continue a leitura!

Como é feita a cirurgia de retirada do siso?

Antes de propor a cirurgia, o médico vai avaliar se é necessário tomar antibiótico antes da extração, caso houver sinais de inflamação ou cáries para se prevenir infecções. No dia da remoção do siso, o dentista anestesiará a parte da boca que é necessária para extrair o dente. A seguir, ele utilizará instrumentos próprios para luxar o siso, removendo-o.

Caso o dente ainda não tenha nascido, o médico poderá fazer uma incisão na gengiva até onde o dente está localizado, para que possa ser removido. Depois de extraído, o dentista vai suturar o local com pontos e colocar uma compressa estéril para que o paciente possa morder para cessar o sangramento.

Os dentes mais fáceis de serem removidos são os que não se encontram erupcionados, tendo uma retirada mais rápida e de fácil recuperação. Já o siso incluso pode demorar mais tempo e a recuperação é mais devagar, devido a cirurgia ser mais invasiva.

Para saber a hora certa da retirada dos sisos é preciso consultar um dentista, que poderá fazer uma avaliação e determinar quando é o momento certo. No geral, a extração é feita quando os dentes não nasceram de forma adequada na boca. Além disso, as complicações como dores e incômodos podem ser indícios do momento certo da extração.

Quando os 4 sisos podem ser retirados de uma vez?

Apesar de não existir uma quantidade mínima ou máxima para se retirar o siso em um mesmo dia, é preciso consultar um cirurgião dentista, o qual vai avaliar o estado físico e mental de cada pessoa. Isso porque é preciso examinar as particularidades de cada caso, e com isso, prevenir riscos à saúde dos pacientes.

Outro fator a se considerar é em relação à complexidade do procedimento. Se os 4 dentes já nasceram, provavelmente a extração de todos de uma vez será simples. Se os dentes ainda estão inclusos, é provável que seja mais complicado, então é melhor retirar 2 de cada vez. Se os dentes inclusos estiverem próximos às regiões anatômicas nobres como nervos e vasos sanguíneos, é recomendado extrair apenas um de cada vez.

Do ponto de vista do paciente, é preciso ficar atento ao pós-operatório. Os sintomas mais comuns são inchaço, dor local, dificuldade de abrir a boca e, em casos mais graves, infecção e ausência de sensibilidade nos lábios. Cada extração pode causar esses problemas e, por isso, é preciso conversar com o dentista sobre qual é a melhor opção.


É normal sentir dor após a cirurgia?

A dor após a extração do siso pode ser a mesma de quando o dente ainda estava presente. Esse incômodo pode ser comum, mas merece ser acompanhada atentamente. A dor moderada durante a cicatrização é esperada devido às questões biológicas de cicatrização. Entretanto, se for intensa, não pode ser ignorada, já que pode significar um sinal emitido pelo nosso corpo de que algo não está correto.

Como se preparar para a extração?

O recomendado para qualquer cirurgia oral é não beber e nem fumar nas horas que antecedem a operação. Evite tomar medicamentos, consumir álcool e tabaco por, pelo menos, 12 horas. É ideal também fazer uma boa higienização oral, escovando os dentes e usando fio dental.

A cirurgia de extração de siso requer anestesia e pode ser difícil prever o estado do paciente no final da operação. Assim, é recomendado ir acompanhado no dia da cirurgia para evitar possíveis problemas.

Quais os cuidados após a extração?

Após a retirada do siso, o dentista orientará sobre certas recomendações de como morder a compressa deixada dentro da boca para evitar sangramentos. É preciso se alimentar com alimentos gelados e evitar os quentes, além de consumi-los líquidos, principalmente no dia que extrair o dente.

No mesmo dia da operação não se deve usar enxaguantes bucais e nem fazer bochechos para evitar o sangramento e a irritação. Apenas é recomendado escovar os dentes cuidadosamente no dia seguinte. Deve-se usar compressa fria no rosto quando houver dor e inchaço.

Outra recomendação é descansar no dia da retirada do siso e evitar fazer esforços, pois isso pode causar ainda mais dor. Os exercícios físicos podem ser retomados, pelo menos, de 6 a 7 dias depois da operação e sempre que houver dor, você poderá tomar algum remédio prescrito pelo seu dentista.

Para que a gengiva possa ser cicatrizada mais rapidamente, é importante comer alimentos que sejam ricos em proteínas, como ovo e leguminosas, por exemplo. Esses alimentos possuem nutrientes que ajudarão a fechar melhor a ferida, acelerando o processo de cicatrização.

Se você está com dores e problemas com a higienização bucal e quer saber se pode tirar os 4 sisos de uma vez, marque uma consulta com um dentista. Ele poderá tirar todas as suas dúvidas em relação à cirurgia, além de analisar o seu caso e indicar a melhor opção para você.

Para receber mais informações sobre cirurgias orais, não deixe de curtir nossa página no Facebook e acompanhe nossas publicações!

RECEBA DICAS PARA TER
UM SORRISO SAUDÁVEL