O sorriso é o nosso cartão de visita e mantê-lo bonito faz com que nossa autoestima permaneça sempre elevada. Mas não é com a aparência dos dentes que devemos pensar, não é mesmo? Ao longo da vida, muitas pessoas acabam perdendo alguns dentes o que pode gerar problemas na mastigação, fala, respiração e estéticos, por isso a prótese dentária é tão importante.

Uma grande vantagem da prótese dentária é o custo-benefício. Muitas pessoas não podem fazer um implante devido a problemas de saúde ou até mesmo financeiros, e as próteses dentárias possuem um efeito semelhante e com um custo muito menor.

Continue lendo e saiba tudo sobre a prótese dentária e como o CCO pode ajudar a melhorar a sua dentição oferecendo a você dentes novos e de qualidade!

O que é prótese dentária?

A prótese dentária é um aparelho usado para substituir dentes que foram perdidos por qualquer motivo. As próteses se dividem em: totalmente ou parcialmente fixas ou removíveis.

As primeiras são as famosas dentaduras, que, atualmente, possuem fixação e aparência muito melhor que as de antigamente, conferindo resultado mais natural e bem parecido com os dentes naturais. Já as que ficam parcialmente fixadas são assim chamadas porque precisam ser substituídas de tempos em tempos. Além delas, existem as próteses removíveis.

A seguir conheceremos melhor cada uma delas. Confira!

Quais são os tipos de prótese dentárias?

Prótese total convencional (dentadura) 

A prótese convencional é utilizada após a extração de todos os dentes remanescentes do paciente, respeitando o processo de cicatrização dos tecidos. Esse tempo é diferente entre as pessoas, podendo demorar poucos ou alguns meses para o processo de cicatrização se completar.

Durante o tempo necessário para o processo de cicatrização deve ser feito o reembasamento da prótese que será instalada, com a finalidade de diminuir as cargas que incidirão sobre o tecido, para evitar o desconforto durante o seu uso.

As características da prótese dentária devem ser definidas pelo paciente e pelo profissional dentista, como por exemplo cor da gengiva e tamanho dos dentes que serão utilizados.

É importante salientar que não é recomendado que o paciente durma com a prótese devido à baixa salivação noturna, o que pode aumentar as chances do aparecimento de fungos e bactérias. Recomendamos que o paciente deixe a prótese em um recipiente com água durante a noite.

Prótese total imediata

Diferentemente da convencional, essa prótese deve ser instalada imediatamente após a extração dos dentes remanescentes. O processo é o mesmo da anterior, a diferença é que a prótese imediata precisa ser ajustada ao longo do tratamento. A razão para isto é que o osso no qual os dentes estavam inseridos sofre uma mudança após a cicatrização, fazendo com que a prótese fique sem estabilidade.

Prótese parcial removível

A prótese parcial removível consiste em uma estrutura metálica que se apoia nos dentes naturais e rebordo (osso e gengiva). Algumas vezes, são colocadas coroas sobre os dentes naturais para servir de apoio para a prótese.

As próteses parciais removíveis oferecem uma alternativa móvel para as pontes e têm a vantagem de ser possível alcançar um excelente resultado, seja estético, seja funcional (como boa eficácia na mastigação).

Prótese Fixa

Também conhecida como ponte fixa, é utilizada quando há perda de poucos dentes, ou seja, quando apenas poucos dentes serão substituídos. Para o sucesso dessa técnica, o espaço que a ser utilizado como apoio não deve ser muito grande.

Como a prótese dentária é feita? 

Produção a prótese

O primeiro passo para a confecção da prótese escolhida por você é a moldagem. Como esse processo é essencial para copiar a cavidade oral do paciente exatamente como ela é, o Centro de Cirurgia Oral entende sua importância e, por isso, preza pela eficiência e qualidade dessa etapa.

Prova da prótese

O segundo passo é a prova dos modelos para definir a borda da prótese adequadamente. Antes de finalizar o procedimento, são feitas mais duas provas ​onde são confeccionados um padrão em cera, para verificar como ocorre a oclusão do paciente, e outra com os elementos dentários que analisará novamente a oclusão, a estética e a função dos elementos que irão compor a prótese.

Em casos mais complexos é necessária uma montagem da oclusão de maneira mais fiel. Após todas as provas, a prótese é novamente enviada para o laboratório e acrilizada para, enfim, poder ser utilizada pelo paciente.

Quando usar próteses dentárias?

As próteses dentárias são uma excelente opção para os pacientes que apresentam falta de dentes na maxila ou mandíbula e não podem fazer um implante dentário.

Sabendo que a falta de um dente pode causar inflamações gengivais, movimentação dentária, desgaste e disfunção na articulação, a prótese dentária é indicada para evitar tais complicações.

Quais são os benefícios da prótese dentária?

1 – Mastigação

Cada dente da nossa arcada tem uma função específica. Por isso, a falta de apenas um deles já causa prejuízos à boca e, muitas vezes, a todo organismo. Isso porque, o perfeito funcionamento do sistema mastigatório tem influência direta na digestão. A trituração correta dos alimentos evita refluxo e outros problemas gastrointestinais.

2 – Fala

Os dentes são tão importantes para a fala que nove fonemas da língua portuguesa dependem dos dentes para uma verbalização adequada. Veja um exemplo: tente falar a letra F sem tocar nos dentes. Difícil né?

Além da letra F, as palavras que contêm as letras V, T, D, N, S, Ç, Z, L e X serão pronunciadas corretamente.

A substituição dos dentes pela prótese dentária permite que você se comunique sem dificuldade, melhorando sua relação com as pessoas, inclusive, no ambiente de trabalho.

3 – Dentes alinhados

A reposição imediata do dente faltante é essencial para a estabilidade dos demais. Sempre que há um espaço livre, o osso tende a se movimentar para preencher esse espaço. Tal fato pode acarretar o desalinhamento dos outros dentes.

Por isso, mesmo que você tenha perdido apenas um dente, é importante que a prótese seja colocada o mais breve possível. Assim, os dentes saudáveis não serão prejudicados. Se esse for seu caso, agende uma avaliação agora mesmo!

4 – Autoestima

A prótese dentária tem aparência muito semelhante a arcada natural, isso porque o projetista planeja de acordo com as características de cada paciente.

Além disso, ela evita que os músculos faciais fiquem flácidos e a aparência envelhecida, permitindo que você mantenha aspecto jovial e possa sorrir sem medo.

5 – Perda ou manutenção do peso ideal

Essa vantagem é pouco difundida, mas ela acontece de fato. Perder e manter o peso será possível, pois a ingestão de alimentos muito bem mastigados auxilia no emagrecimento. Isso acontece, pois, a fome vai diminuindo com o processo da digestão — que inclui mastigação perfeita para uma absorção completa dos nutrientes e, enfim, envio ao cérebro que o corpo já está nutrido e satisfeito.

O paciente deve voltar ao dentista?

Assim, como em todo procedimento dentário, o paciente deve voltar regularmente ao dentista, pois a prótese não dura para sempre. Com o tempo, o objeto sofre desajustes na boca, devido a sua reabsorção, e após cerca de quatro anos de uso, uma prótese nova deverá ser confeccionada.

Vou me acostumar com a prótese dentária?

Essa dúvida é muito comum, mas o CCO, trabalha com os melhores materiais, pensando no conforto, e na estética do paciente. É claro que, como tudo o que é novo. É comum demorar um pouco para o paciente se acostumar ao uso da prótese. Porém, se comparada com as utilizadas antigamente, as próteses dentárias de hoje se assemelham muito aos dentes naturais, até mesmo com relação à cor da gengiva.

Procure um profissional dentista para saber qual a prótese que melhor se adequa ao seu caso. A equipe do CCO está preparada para oferecer próteses dentárias de excelente qualidade. Entre em contato!

Veja Também