Siso: seu pior pesadelo se tornou realidade

Seu dente do siso tá cariado, inflamado e dolorido, o que fazer?

A hora da verdade chegou e você vai ter que tirar esse dente. Mas não se preocupe. Dependendo da sua idade e de quanto incluso esse siso está, a cirurgia pode ser rápida e simples como qualquer outra extração dentária.

Quanto antes tirar o siso, melhor!

Por isso, alguns dentistas aconselham o acompanhamento preventivo do crescimento do dente siso: por meio de radiografias anuais é possível ir percebendo como os sisos vão crescendo na arcada dentária e aí decidir se é melhor retirá-lo quando o paciente ainda está jovem, por volta dos seus 17 anos, ou se é possível deixá-los na boca.

É imprescindível a avaliação da posição dos sisos. Se eles estão deitados (ou quase) dentro do osso da mandíbula, ou mesmo já despontaram desse jeito, a melhor decisão é retirá-los porque, com o tempo, podem impactar os dentes vizinhos, contaminando-os com cáries, além da dificuldade na higienização oral, o que pode ainda causar a Pericoronarite, uma inflamação da gengiva que circunda um dente do siso. Em alguns casos até podem se formar cistos ao redor da raíz de um siso inflamado, causando danos piores a saúde bucal do paciente.Quando os sisos estão em posição normal esperada para seu crescimento, e se a arcada dentária acomodá-los de forma corret , é possível mante-los mas sempre vigiando a higiene dos mesmos. Assim, eles auxiliam a mastigação e podem vir ajudar na movimentação dentária caso se perca futuramente outros molares vizinhos a eles.

RT. CRO-GO-EPAO-425 C.D. Luis Francisco Coradazzi CRO-GO-CD-7747