Extração do Dente do Siso

O que é o dente do siso?

Os dentes do siso ou terceiros molares são os últimos dentes a nascer na boca. Isso ocorre geralmente entre os 15 e 20 anos. Devido ao fato de a erupção do dente coincidir com o período final da adolescência, este dente é conhecido como o dente do juízo ou da maturidade.

Preciso removê-lo?

Os sisos são os últimos dentes a nascer na boca. Quando eles se alinham corretamente com os outros dentes e quando a gengiva ao seu redor permanece saudável, não precisam ser removidos.

Infelizmente, isso não costuma acontecer. A extração dos dentes do siso é necessária quando eles são impedidos de eruptar adequadamente na boca. Devido a uma falta de espaço, eles podem se desenvolver inclinados e aparecer apenas parcialmente através da gengiva.

Estes dentes retidos e mal posicionados são difíceis de serem higienizados e podem causar diversos problemas, sendo o mais comum o favorecimento da proliferação de bactérias, o que pode, eventualmente, causar uma infecção.

O resultado: inchaço e dor intensa. A remoção do dente afetado geralmente resolve esses problemas. Entretanto, a remoção precoce ou profilática é recomendada para evitar tais problemas e para diminuir o risco cirúrgico envolvido com o processo.

Outras possíveis indicações são:

– Danos ou cárie em dentes e estruturas vizinhas
– Patologias (cistos e tumores)
– Indicação ortodôntica

Como é feita a remoção do siso?

A remoção do siso é uma pequena cirurgia feita na boca. Pode ser realizada com anestesia local em consultório, com sedação em consultório ou com anestesia geral em ambiente hospitalar.

Nossos serviços são prestados por uma equipe experiente, em um ambiente de segurança ideal, com equipamentos cirúrgicos e de monitoramento modernos.

Como é a recuperação?

Após o procedimento, o paciente fica no consultório sob nossa supervisão até que esteja pronto para ser levado para casa.

Após a alta, o seu kit pós-operatório inclui instruções do pós-operatório, a prescrição de analgésicos, antibióticos e uma consulta de acompanhamento de uma semana para a remoção da sutura. Atividades físicas deverão ser evitadas nos primeiros 7 dias.

RT. CRO-GO-EPAO-425 C.D. Luis Francisco Coradazzi CRO-GO-CD-7747