Dente do siso deve ser retirado antes dele nascer; entenda

Recentemente, Adriane Galisteu e Lady Gaga tiraram os dentes do siso e postaram sua recuperação nas redes sociais.

Mais conhecido como terceiro molar ou dente do juízo, o siso, na maioria das vezes, só é lembrado quando apresenta algum problema.

Ocorre que todo esse sofrimento pode e deve ser evitado, pois o ideal é extraí-lo antes que comece a despontar.

O período mais favorável para a remoção dos terceiros molares é na fase que eles ainda não nasceram, entre 15 e 18 anos. Nessa fase, as raízes não estão totalmente formadas e a fixação desses dentes na estrutura óssea ainda não está completa.

Outra vantagem da intervenção precoce é o prazo de recuperação dos adolescentes, que costuma ser mais rápido do que o de uma pessoa mais velha.

Porém, apenas um cirurgião-dentista pode avaliar com exatidão qual o momento mais adequado para a remoção, sempre apoiado em um exame clínico criterioso e exames radiográficos auxiliares.

Esses exames são fundamentais, pois podem prever problemas futuros, como a falta de espaço e, em alguns casos, podem mostrar a possibilidade de não ter que extraí-los.

Muitos estudos mostram um grande percentual de processos infecciosos associados a estes dentes mesmo quando aparentemente estão sadios.

Isso pode comprometer a saúde do próprio dente, dos dentes adjacentes, gengivas, estruturas ósseas e até mesmo afetar a saúde geral dos pacientes. Nesses casos as visitas ao dentista com tomadas radiológicas devem ser ainda mais freqüentes.

Remoção precoce do siso

Ao optar pela não remoção do dente do siso na adolescência, deve-se ter a consciência de que, com o passar do tempo, a formação das raízes e a fixação dos dentes na estrutura óssea tornam a remoção mais complexa e trabalhosa.

Outro ponto é que, se problemas como cáries e inflamações gengivais se instalarem nesses dentes, haverá um aumento da chamada proteína C-reativa que está relacionada com problemas cardiovasculares e com acidentes vasculares cerebrais (AVC). Em um pequeno número de casos existe também a possibilidade dos dentes do siso provocarem a formação de cistos e até tumores orais.
Portanto, enquanto a extração não é feita uma dica importante é a realização de uma higiene oral meticulosa da região dos dentes do siso. Deve-se utilizar escovas com cerdas ultra macias, escovas interdentais e fio dental.

RT. CRO-GO-EPAO-425 C.D. Luis Francisco Coradazzi CRO-GO-CD-7747