Implante Dentário: entenda quando é a melhor opção

O implante dentário é uma peça de titânio, que pode ser colocada no maxilar para servir de apoio para a colocação de um ou mais dentes.

É indicado quando o indivíduo perde o dente e a sua raiz, sendo necessário substituir estas duas partes, contudo ele é contraindicado para pacientes que sofrem com problemas cardíacos de alto risco, diabéticos não tratados, durante a quimioterapia ou em caso de osteoporose. Para estes, pode ser mais indicado usar uma dentadura.

Os 4 tipos existentes de implantes são: convencionais, curtos, pterigóides e zigomático que poderão ser utilizados após o critério do dentista.

Implante dentário dói?

Não dói porque o cirurgião dentista fará o procedimento sob anestesia local para que seja feita a incisão na gengiva e a fixação no osso não é sentida. Após a cirurgia para evitar possíveis dores ou infecções, o dentista poderá recomendar o uso de analgésico, antibiótico, anti-inflamatório e repouso.


Como é feito o implante dentário?

O implante dentário é feito pelo dentista sob anestesia local, no consultório odontológico. O cirurgião dentista deverá extrair dentes problemáticos, colocar o implante dentário e por cima dele, o dente.

Na técnica tradicional o encaixe e adaptação do dente no implante levará em média, 6 meses para os dentes de cima e 4 meses para os de baixo. Após o procedimento o médico indicará analgésicos e o repouso que poderá ser somente de 24 horas.

O implante dentário com carga imediata acontece quando se coloca o dente na estrutura metálica logo após o ato cirúrgico. Na técnica de implante dentário tradicional, somente após 3 ou 6 meses da fixação da estrutura é que são colocados os dentes substitutos. Esse tempo é necessário para que exista maior fixação da prótese com o osso podendo assim ser colocada a coroa do dente.

Na técnica de implante dentário com carga imediata o processo é mais rápido e esteticamente confortável para o paciente, porém esta técnica possui restrições, principalmente relacionadas  a localização do implante, condição de saúde do paciente, e a condição que está o osso que receberá o implante.

RT. CRO-GO-EPAO-425 C.D. Luis Francisco Coradazzi CRO-GO-CD-7747

RECEBA DICAS PARA TER
UM SORRISO SAUDÁVEL