Tipos de Enxertos Ósseos

Qual é o melhor tipo de enxertos ósseos? Veja quais são as opções e quando elas são elegíveis a cada perfil de paciente.

Enxertos Ósseos Autógenos (Tecido ósseo próprio)

Algumas regiões da mandíbula podem fornecer tecido ósseo para pequenas reconstruções ósseas. Em casos de maiores reconstruções, é necessária a realização de uma cirurgia ortopédica em centro cirúrgico hospitalar para retirada de um bloco ósseo de regiões como a crista ilíaca (bacia) ou calota craniana. Sua integração acontece em 6 a 9 meses

Enxertos Homogêneos

Os Bancos de Tecidos Humanos do Hospital das Clinicas / USP processa tecido ósseo para Ortopedia médica e para enxertos odontológicos. É um procedimento seguro e é cientificamente comprovado sua eficácia. Sua integração acontece em 6 a 9 meses.

Enxertos Alógenos (Matriz óssea bovina)

A matriz óssea de origem sintética ou animal podem ser usadas misturadas ao tecido ósseo autógeno coletado ou isoladamente em situações como o preenchimento de cavidades, como no caso de extrações. Sua integração acontece em 9 a 12 meses.

RT. CRO-GO-EPAO-425 C.D. Luis Francisco Coradazzi CRO-GO-CD-7747