Seja sensato no que diz respeito aos dentes do siso

Os dentes do siso, também conhecidos por terceiros molares, são os últimos molares situados no fundo da boca, em cada um dos extremos dos maxilares. Mas nem todas as pessoas têm dentes do siso e não os têm por uma diversidade de razões.

Para muitas pessoas, os dentes do siso aparecem entre os 17 e os 25 anos e não provocam problemas. Para outras pessoas, os dentes do siso tornam-se inclusos, o que significa que permanecem no interior do maxilar e podem não crescer para fora.

Mas isto nem sempre é uma coisa má. Os dentes do siso inclusos não provocam obrigatoriamente sintomas ou dores e permanecem no interior do maxilar durante toda a sua vida.

Quando o siso vira um problema?

No entanto, em determinados casos, os dentes do siso inclusos podem ser uma fonte de problemas. O local onde o dente está incluso pode ficar avermelhado ou pode surgir uma inflamação, bem como dores no maxilar, dores de cabeça e um gosto estranho quando trinca qualquer coisa perto da zona onde o dente se encontra.

Os dentes do siso são um resquício dos primeiros seres humanos, cuja alimentação era mais primitiva que a nossa, pelo que necessitavam de mais dentes. Os seres humanos hoje em dia possuem maxilares mais pequenos e muitos de nós não possuem espaço suficiente para que esses dentes tardios possam crescer.

Assim que os dentes do siso tentam erupcionar, empurram os outros dentes e interferem com as restaurações dentárias ou com os aparelhos dentários. Por outro lado, um dente do siso que cresça parcialmente pode favorecer a proliferação das bactérias e a acumulação bacteriana pode dar lugar a uma doença gengival grave.

Mesmo que os dentes do siso inclusos não provoquem quaisquer sintomas, determinados dentistas recomendam a sua extração cirúrgica para evitar eventuais problemas futuros.

Felizmente, a extração dos dentes do siso é uma intervenção corrente que não necessita, na maioria dos casos, de hospitalização e que é realizado com anestesia local.

Tal como qualquer outro tipo de intervenção cirúrgica, pode contar com algum sangramento residual, inchaço e hematoma nos primeiros dias, pelo que deve limitar as suas atividades. Mas a maior parte das pessoas recuperam rápida e facilmente.

RT. CRO-GO-EPAO-425 C.D. Luis Francisco Coradazzi CRO-GO-CD-7747