9 dúvidas sobre tirar o dente do juízo

Muitas pessoas ficam com receio de extrair o dente de juízo e pode ser por falta de informação!

Por isso selecionamos as 9 perguntas mais comuns que recebemos para esclarecer alguns mitos e deixá-lo ou deixá-la mais confiante para essa importante decisão da sua vida:

1ª – Por que é necessário tirar o dente do juízo?

Na verdade, a extração dos sisos não é obrigatória, desde que eles nasçam bem posicionados, que tenham espaço para isso na arcada dentária, eles podem ser mantidos. Para verificar esse desenvolvimento é indicado um acompanhamento periódico com o dentista. Mas no caso em que eles nasçam tortos, ou permaneçam inclusos ou semi inclusos o ideal é extrai-los para evitar problemas futuros de infecções e outras complicações.

2ª – É normal o dente do juízo doer quando está nascendo?

Normalmente os dentes do siso não causam dor, mas podem ser irritantes. Marque uma consulta com o seu dentista se sente uma dor constante ou grave. A dor severa, ou a dor que não desaparece depois de alguns dias, pode indicar um problema grave que deve ser visto pelo seu dentista.

3ª – Dente do juízo pode ter cárie?

Sim e mesmo cariado, o dente do juízo pode ser extraído, pois o importante no procedimento é anular a infecção localizada no elemento dentário e prevenir um processo pior. Mas existe uma forma melhor de tratar este problema que é evitando o aparecimento da lesão cariosa. Você pode fazer isso com a ajuda do seu dentista. Só ele poderá indicar a melhor escova e ferramentas de higiene para limpar essa tão escondida área. Além de indica as ferramentas certas, seu dentista também pode ajudar no manuseio delas, ensinando o o jeito certo de fazer o melhor uso de cada um deles.

4ª – Qual a idade certa para tirar o siso?

Como os dentes removidos antes dos 20 anos têm raízes menores e causam menos problemas, recomenda-se que as pessoas a partir dos 16 anos tenham os seus dentes do siso examinados e radiografados para avaliação da necessidade de remoção.

5ª – Quebrei meu dente siso, e agora?

Se quebrar um dente do siso, chame seu dentista imediatamente. Marque uma consulta para examinar o dente, um raio-x pode ser feito e o dentista vai determinar as opções de tratamento. Não espere até que a dor esteja insuportável, ou pode ser tarde demais para salvar o seu dente do juízo!

6ª – Para quê servem os dentes siso?

O que poucas pessoas sabem é que os dentes do siso tinham como função primordial, até um tempo atrás, de manter uma mastigação mais eficiente. Isso porque eles eram mais necessários porque os dentes permanentes, que nasciam a partir dos 6 anos, eram perdidos muito cedo pela ação de placas bacterianas e cáries. Hoje em dia, sua função original foi perdida, pois a perda precoce dos dentes é rara — e muito disso se deve aos múltiplos avanços na área da odontologia.

7ª – É verdade os dentes sisos podem não nascer?

Sim. Cada vez mais tem sido comum as pessoas nascerem sem os dentes do juízo. Pela evolução dos padrões alimentares nos últimos séculos, com comidas mais pastosas e cozidas, o siso se tornou um dente em extinção. Essas pessoas nascem sem o germe do dente, o que faz com que ele não se desenvolva. É uma adaptação do ser humano à evolução da espécie.

8ª – Tem que tirar os 4 dentes sisos de uma vez, ou pode ir tirando um a cada cirurgia?

Especialistas recomendam que se retirem os dentes antagonistas, ou seja, se for removido o dente do siso superior esquerdo, deve-se remover o inferior do mesmo lado. Isso porque esse dente tende a ocupar o espaço do dente e crescer até ocupar o espaço, machucando a gengiva oposta.

9ª – Quantos dias de recuperação da cirurgia dos sisos?

Em geral, nos primeiros 7 dias é aconselhável evitar exercícios físicos e seguir uma dieta mais pastosa.

RT. CRO-GO-EPAO-425 C.D. Luis Francisco Coradazzi CRO-GO-CD-7747